A engenharia de mobilidade compete a construção e a manutenção de redes rodoferroviárias, além de portos e aeroportos, projeto de veículos, logística de transferência de produtos.

O profissional constrói, monitora e faz a manutenção da infraestrutura ferroviária, portuária e aeroportuária. Nas cidades, cuida da sinalização viária, da gestão e do planejamento do transporte urbano, visando à melhor fluidez do tráfego. Pode trabalhar em empresas de construção civil especializadas em obras e transporte.

Também projeta e constrói veículos automotores, como carros, navios e aeronaves. Nesse caso, trabalha em montadoras, fábricas de autopeças e estaleiros.

Graduação:

Os dois primeiros anos são básicos em engenharia. No terceiro ano, o aluno escolhe entre tecnologia veicular ou tecnologia de transporte. A partir daí, as disciplinas são específicas de cada ênfase.

O currículo deve abranger as seguintes disciplinas: Elementos de máquinas, Sistemas motrizes mecânicos e elétricos, Projeto veicular, Sistemas digitais e de comunicação, Mecânica dos solos, Hidrologia e drenagem, Análise estrutural, Geoprocessamento, Engenharia de tráfego, Custos, Planejamento urbano e regional, Sistemas de controle de tráfego, Planejamento de infraestrutura viária, Sistemas de transporte público, Operação e controle de sistemas de transportes de cargas, Engenharia de manutenção, Gestão da qualidade, Logística, Mecânica de locomotivas e de vagões e Telecomunicações.

engenharia de mobilidade

Possíveis especializações:

A especialização do engenheiro de mobilidade dependerá do caminho escolhido durante a graduação, podendo ser voltada à construção civil ou de veículos automotores.

Mercado de trabalho:

No Brasil, pode-se notar a urgência de soluções para infraestrutura na área de transportes, fazendo o curso de engenharia da mobilidade extremamente necessário.

Os investimentos bilionários em infraestrutura (energia, transporte, saneamento e habitação) do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) dão a noção exata da grande importância do engenheiro de mobilidade para o desenvolvimento do país.

 

 

Você também vai gostar de ler os artigos abaixo ;)