Cometa, Asteróides, Meteoróide, Meteoro e Meteorito – você sabe a diferença entre eles?

cometa-meteoro-meteorito

O que é Cometa?

Os cometas são pequenos membros do sistema solar, geralmente com poucos quilômetros ou milhas de diâmetro. Foram descritos como “bolas de neve sujas” pelo astrônomo Fred Whipple e acredita-se que sejam compostos por:

  • poeira
  • gelo (água, amônia, metano e dióxido de carbono)
  • pouca quantidade de materiais contendo carbono (orgânicos, por exemplo, alcatrão)
  • um núcleo rochoso (alguns cometas)

Acredita-se que os cometas foram formados dos primeiros materiais do sistema solar. Quando o Sol se formou, ele expeliu material mais leve (gases, poeira) para o espaço. Alguns desses materiais (principalmente gás) condensaram para formar os planetas externos (Júpiter, Saturno, Urano, Netuno) e alguns permaneceram em órbita afastados do Sol em duas áreas:

  • Nuvem de Oort - uma esfera de aproximadamente 50 mil UA do Sol, que recebeu o nome do astrônomo holandês Jan Oort que foi o primeiro a localizá-la.
  • Cinturão de Kuiper - uma área dentro do plano do sistema solar fora da órbita de Plutão.

O que é Asteróide?

Os asteróides são corpos pequenos e rochosos que orbitam o Sol entre as órbitas de Marte e Júpiter, que em todo lugar é de 2,1 UA (3,15×108 km) a 3,2 UA (4,8×108 km) do Sol. Existem mais de 20 mil asteróides conhecidos. Eles possuem forma irregular e têm diversos tamanhos que podem variar de um raio de 1 quilomêtro a centenas de quilômetros (Ceres é o maior, com um raio de 457 km). Medindo as flutuações em seu brilho, sabemos que muitos asteróides giram em períodos de 3 a 30 dias.

Além do tamanho, forma e rotação, sabemos relativamente muito pouco sobre esses objetos. É difícil calcular sua massa, pois não são grandes o suficiente para atrapalhar a gravidade de Marte ou Júpiter, mas estima-se que Ceres pese aproximadamente 1.2 x 1021 kg. Suas densidades são cerca de 2 a 4 g/cm3, o que é típico de corpos rochosos. Ao examinar os espectros de luz refletidos desses objetos, podemos classificar os asteróides como:

  • C - escuro, provavelmente contém carbono (carbonáceo)
  • S - duas vezes mais brilhante que o C, provavelmente feito de ferro rochoso
  • M - semelhante aos meteoritos de ferro
  • P e D - pouco brilho, avermelhado

Os asteróides parecem ter duas origens diferentes:

  • destroços resultantes da nebulosa original que deu origem ao universo e que não se compactaram (C)
  • resquícios de um planeta fragmentado por problemas gravitacionais

Acredita-se que os asteróides são os restos dos planetesimais, pedaços antigos do sistema solar que se formaram entre Marte e Júpiter. Alguns dos planetesimais começaram a se transformar em planetas, mas foram quebrados em fragmentos pela imensa gravidade de Júpiter. Outros não começaram a formar planetas (por razões desconhecidas).

Muitas perguntas sobre asteróides permanecem sem resposta, pois eles nunca foram estudados intimamente. Até agora.

asteroid-nasa-gaspra1

O que é Meteoróide?

Um meteoróide é um pedaço de matéria rochosa ou metálica que viaja no espaço exterior. Meteoróides viajam ao redor do Sol em uma variedade de órbitas e à várias velocidades. O meteoróide mas rápido move-se à cerca de 42 quilômetros por segundo. A maioria dos meteoróides são aproximadamente to tamanho de uma pedrinha. Quando um desses pedaços de matéria entram na atmosfera da Terra, a fricção entre o pedaço de matéria e os gases na atmosfera o aquecem ao ponto de fazê-lo brilhar aos nossos olhos. Este risco de luz no céu é conhecido como meteoro.

O que é Meteoro?

Meteoro, chamado popularmente de estrela cadente, designa-se o fenômeno luminoso observado quando da passagem de um meteoroide pela atmosfera terrestre. Este fenômeno que pode apresentar várias cores, que são dependentes da velocidade e da composição do meteoróide, um rastro, que pode ser designado por persistente, se tiver duração apreciável no tempo, e pode apresentar também registro de sons.

A aparição dos meteoros pode-se dar sob duas formas: uma delas são as designadas “chuvas de meteoros” ou “chuva de estrelas cadentes” ou simplesmente “chuva de estrelas”, em que os meteoros parecem provir do mesmo ponto do céu noturno, denominado de radiante. Outra forma é a de “meteoros esporádicos”

Existem dois tipos de meteoros que se destacam pela sua espetacularidade: as Bolas de Fogo e os Bólides

O que é Meteorito?

Meteoritos são fragmentos de corpos sólidos naturais (asteróides, lua, marte, cometas …), que vindos do espaço penetram a atmosfera terrestre, se incandescem pelo atrito com o ar  e atingem a superfície terrestre. A chegada de um meteorito é anunciada pela passagem de um grande meteoro (bólido), chiado e estrondos cacofônicos.

Os meteoritos podem ser classificados em: pétreos, formados basicamente de material rochoso, metálicos também chamados de sideritos formados, basicamente da liga metálica ferro-níquel e dos siderolitos, que são meteoritos compostos das duas fases metálica e pétrea.

Fontes: Nerdpai, Como tudo Funciona

___________________________________________________________________________________________

mauroribeiro

 Colaborador

Mauro Sérgio Ribeiro de Souza  -  Facebook  –  Twitter

Estudante de Engenharia de Telecomunicações