Internet banda larga pela rede elétrica (PLC)

Novas formas de conexão com a rede mundial de computadores vêm surgindo ao longo do tempo, com o propósito de garantir mobilidade e eficácia na transmissão de dados. Nos últimos anos vem se discutindo a utilização da internet pela rede elétrica.

As principais vantagens dessa tecnologia seriam o baixo custo com infraestrutura, e o numero usuários que seriam beneficiados, já que a rede de energia elétrica abrange grande parte da população. Porém existem fatores que não são favoráveis a implantação desse tipo de tecnologia, como as interferências que seriam geradas nos dados em distancias muito longas, o que impossibilitaria alta velocidade em alguns locais, também o fato dos dados de internet serem de alta frequência, gerando ruídos eletromagnéticos que podem atrapalhar o funcionamento de aparelhos eletrônicos.

No Brasil o uso da PLC já foi autorizado pela Aneel e pela Anatel, mas não existe prazo para que comece a ser usada definitivamente, apesar de que em algumas cidades já passam por fase de testes. Recentemente foi divulgado que na PNBL 2.0 (Programa Nacional de Banda Larga) será incentivada pelo  governo o uso da PLC, com o intuito de universalizar o uso da internet banda larga.

O funcionamento seria relativamente simples, bastaria ligar o PC na tomada. O inicio da utilização dessa tecnologia está a critério das companhias de energia, que irão criar novas linhas, para que os dados sejam filtrados corretamente.

Colaborador: Paulo Junior